Created with Snap
Como trocar o pneu do seu carro

Como funciona a troca dos pneus de carros.

Tempo de leitura: 6 minutos.

O grande benefício em aprender como funciona a troca dos pneus de carro é que assim você garante algumas economias de oficina. Além disso, jamais ficará na mão em caso de precisar realizar essa ação.

Muitas pessoas pensam que os pneus de carro estão associados somente ao visual ou são simplesmente os “pés” do veículo. Entretanto, você sabia que eles são muito mais uma questão de segurança?

Exatamente. Compreender a importância em se fazer a manutenção e trocar os pneus quando necessário evitará acidentes, transtornos e multas ao motorista. O seu veículo estará muito mais seguro e acidentes relacionados a esse quesito podem ser descartados. Confira o artigo que a Unidas preparou para você.

Como funciona a troca dos pneus de carros interna

Tipos de pneus de carro

Esta é uma das dúvidas constantes entre os motoristas. Antes de chegar no real assunto deste artigo, você precisa saber quais são os tipos de pneus de carro existentes no mercado. Não basta somente combinar com o carro, ele deve ser funcional e seguro.

Existem os pneus de carro de uso on-road (predominante em asfalto), off-road (de utilização em estradas de terra e lama) e misto (ideal para os dois solos). Entretanto, se você é adepto de trilhas e natureza, escolha um off-road. Agora, se sua vida for urbana e sua realidade é passar algumas horas no trânsito da cidade grande, escolha um on-road.

Outros detalhes a observar – se o pneu é:

  • Assimétrico: irá conciliar exigências opostas – em pisos secos, quanto mais borracha em contato com o solo, maior a aderência. E em pisos molhados o pneu é mais resistente à aquaplanagem.
  • Run-on-flat: trata-se de uma tecnologia que garante um alto nível de segurança em caso de furo ou impacto severo – ele é bem resistente.
  • High performance: alto desempenho e suportam altas velocidades e temperaturas.

Agora sim. Vamos ao que te trouxe até aqui.

Como funciona a troca dos pneus de carro

A melhor maneira de entender como funciona a troca dos pneus é na prática. Para isso, enumeramos um passo-a-passo descomplicado! Confira:

1. Estacione o carro em um lugar seguro e estável

Antes da troca de pneu acontecer, é fundamental garantir que ele esteja estacionado em um local estável que não permita que o carro deslize. Se estiver em uma rodovia, por exemplo, pare o mais longe possível do tráfego e ligue o pisca-alerta.

2. Prepare o carro

Antes de abrir a porta e descer do veículo, puxe o freio de mão e coloque o câmbio em modo “estacionado”, em primeira ou em marcha à ré. Após isso, coloque um objeto pesado como uma pedra, na frente das rodas dianteiras e traseiras, assim você irá evitar que o carro se movimente.

3. Pegue o estepe e o macaco

Pronto! Agora, sim, vai começar o processo de troca do pneu do carro. Pegue o macaco e coloque-o sob a lataria do carro, ao lado do pneu furado. Lembre-se de encaixá-lo na canaleta, uma parte metálica projetada justamente para recebê-lo. E, se não encontrar o local correto, basta ler o manual de instruções.

4. Levante o macaco até que ele apoie o carro

Após encaixar o macaco de maneira correta, levante-o até que o carro pareça apoiado de forma firme, sem levantá-lo do chão. Certifique-se também de que o macaco esteja perpendicular (ângulo de 90 graus) ao chão.

5. Tire a calota e afrouxe os parafusos

Em sentido anti-horário, gire a chave de roda e deixe os parafusos soltos, sem desprendê-los de maneira total. Ao deixar ao pneu em contato com o chão, a retirada da calota será mais fácil, já que apenas os parafusos serão girados e não a roda.

6. Levante um pouco mais o pneu

Tendo o auxílio do macaco, será necessário levantar um pouco mais o carro, para que o pneu murcho seja retirado e o estepe encaixado. Seguindo o movimento de suspensão do carro, certifique-se de que ele esteja estável. Se isso não acontecer, desça o macaco e corrija o problema.

7. Remova os parafusos e o pneu

Ainda no sentido horário, continue a girar os parafusos, até que estejam soltos o suficiente para serem removidos. Depois, remova o pneu furado e coloque-o sob o veículo. Se o macaco ceder, ele servirá como um amortecedor para o veículo.

8. Ponha o estepe no eixo

Tendo o estepe em mãos, encaixe-o no eixo, deixando as cavidades dos parafusos bem alinhadas. Lembre-se de que a válvula da câmara de gás deve estar virada para fora, jamais em direção ao veículo.

9. Aperte os parafusos

Coloque os parafusos em seus devidos lugares e, com a chave de roda, dê uma volta em cada um. Por fim, aperte-os até o fim, até que todos estejam apertados da mesma maneira. E, quando o carro estiver novamente no chão, aperte os parafusos uma vez mais.

10. Desça o carro e retire o macaco

Após fixar todos os parafusos, baixe o macaco, retire-o e coloque a calota no lugar. O pneu furado deve ser guardado no porta-malas e, em algum outro momento, levado ao borracheiro. De tempos em tempos, verifique o estepe para certificar-se de que ele esteja pronto para ser utilizado. Afinal, nunca se sabe quando ele será útil.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o blog, pois a Unidas tem soluções para você que quer diminuir os gastos com carro no dia-a-dia. Entre em contato conosco!

 

 

Como funciona a troca dos pneus de carros interna 2

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de: