Created with Snap
Carro blindado: Como funciona? - Blog Unidas Alguel de Carros

Carro blindado: Como funciona?

Tempo de leitura: 4 minutos.

Segurança é um fator muito procurado ao escolher um carro e é inegável a sensação de tranquilidade ao dirigir um carro blindado. Esse tipo de proteção é um ótimo investimento, porém é preciso destacar que é um processo de certa forma burocrático e de custo consideravelmente elevado.

Se você tem o desejo de blindar seu carro pessoal ou profissional, ou então pretende investir mais dinheiro para comprar um carro já protegido, vamos explicar o passo a passo de como funciona todo o processo de blindagem.

Como funciona um carro blindado

Autorização militar

O primeiro passo para quem quer blindar um carro é solicitar a autorização especial ao Exército do Brasil, afinal o veículo passa a ser também uma ferramenta de defesa. O proprietário passa a ter uma série de obrigações para possuir o CR (Certificado de Registro), que tem validade de três anos.

Com esse documento em mãos, a empresa responsável pela blindagem pode iniciar o processo de transformação do carro, que deve ser completamente desmontado para a aplicação dos materiais balísticos e remontado seguindo os parâmetros originais. Por lei, as empresas têm até 120 dias para finalizar esse processo.

Leia também: Afinal de contas, vale a pena alugar carro?

A blindagem na prática

O processo de blindagem, apesar de complexo, tem um conceito bem simples: aplicar camadas ou placas protetoras sob a lataria do carro com o objetivo de torná-lo à prova de balas. Em resumo, as modificações são:

  • Estrutura: em locais do veículo, como colunas, travessas e teto, são aplicadas placas de aço balístico inoxidável que, além de fornecerem proteção contra tiros, tornam a estrutura do veículo muito mais resistente.
  • Carroceria: a parte mais maleável do carro recebe a aplicação interna de aramida, um tecido maleável mais resistente que o aço.
  • Vidros: os originais são totalmente trocados por vidros à prova de balas.
  • Pneus: existem duas opções de proteção para essa área. A cinta metálica permite que o carro ande a até 20 km/h por um longo período, mesmo quando furados. Já os pneus com cinta de borracha, também conhecidos como Run Flat, podem percorrer cerca de 50 quilômetros, mesmo danificados.

Como funciona um carro blindado

Tipos de blindagem

Existem diferentes tipos de blindagem disponíveis para modelos e públicos diferentes. São elas:

  • I: Protege contra armas de calibres 22, 38 e ataques diretos com pedaços de ferro e pedras ou madeira.
  • II-A: Protege contra as mesmas situações da categoria anterior, com a adição dos calibres 357 e 9 mm.
  • III-A: Bloqueia o efeito de todos os calibres já listados e ainda inclui dois outros: o calibre 44 e disparos de submetralhadoras.
  • III: Barra os disparos de todos os anteriores e também bloqueia disparos de fuzis de assalto, munições perfurantes e também granadas.
  • V: Protege contra todos os tipos de metralhadoras, fuzis, pistolas e submetralhadores, além de granadas e até mísseis.

Como funciona um carro blindado

Claramente, dentro de um cotidiano urbano e com foco na proteção contra assaltos ou situações similares, algumas das categorias oferecem proteção até desnecessária, por isso somente as 3 primeiras mencionadas estão disponíveis para uso civil.

As categorias III e V são de uso exclusivo em veículos das Forças Armadas ou carros diplomáticos que levam embaixadores e presidentes.

Mesmo após todas as nossas dicas, uma solução ainda mais simples e muito mais econômica é alugar um carro blindado com a Unidas. Dessa forma você não precisa se preocupar com nenhum processo de autorização, além de poupar todo o valor da aplicação da blindagem.

Para conferir as condições e modelos, é só clicar aqui. Vamos juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de: