Created with Snap
Cuidados com os pets na quarentena.

Cuidados com os pets na quarentena.

Tempo de leitura: 8 minutos.

Estamos diante de uma pandemia que traz o isolamento social como uma realidade, e junto a ele novas rotinas, que impactam a nós e aos nossos pets. Ter um pet na quarentena é bastante vantajoso. Entretanto, há cuidados necessários que precisam ser reconhecidos por todos nós. Confira o artigo que a Unidas preparou para você.

 

Cuidados com os pets na quarentena interna

Cuidados com os pets na quarentena

Assim como para em nós há um efeito da quarentena, os pets também enfrentam mudanças na rotina. Passeios na rua mais curtos ou limitados e a presença frequente de pessoas na casa também é uma ‘’nova realidade’’ para agitar o seu pet na quarentena. Por isso, listamos algumas dicas de profissionais da área para evitar problemas e estresse maiores.

Passeios na rua

Passear na rua não é o recomendado, apesar de nossos governadores não olharem com mais cautela para a periculosidade da COVID-19. Ou seja, eles não estão proibidos. Porém, os passeios devem ser feitos por menos tempo, com menor frequência e com o único objetivo do animal fazer suas necessidades fisiológicas.

É essencial, nesse sentido, seguir as recomendações básicas dos responsáveis da sáude: um único membro da família deve sair para o passeio, evitando contatos com outras pessoas e animais. Mantenha a distância de mais de 1 metro e meio. Após a volta, higienize as patas do seu pet e lave suas mãos.

Lembre-se que é fundamental evitar qualquer saída. A opção mais segura é que seu pet faça as necessidades dentro de casa. Disponibilize um cantinho reservado para ele.

Consultas ao veterinário

Caso seja preciso, você pode levar seu pet para ser consultado. Entretanto, siga as mesmas recomendações do passeio. Somente um tutor deve acompanhá-lo para evitar aglomerações e é fundamental realizar a higienização das patas.

Cuidados com os pets na quarentena interna 2

Brincadeiras

Muita energia acumulada pode causa o estresse do seu pet na quarentena. Diante disso, brinque com ele no espaço que tiver disponível. Com os gatos, faça brincadeiras de caça com penas ou cordas. Com os cachorros, brinque de cabo de guerra, caça ao tesouro com petiscos ou de jogar a bolinha, caso tenha mais espaço.

Usufrua (como possível, se possível) do tempo em casa

Bom, sair de casa você não vai, então use o tempo livre para aproveitar o seu pet na quarentena. Brinque, dê carinho e divirta-se! Mas, não se esqueça: os pets, assim como nós, gostam de ter momentos sozinhos, principalmente os felinos. Se você ver que ele está dormindo ou deitado em algum lugar escondido, respeite o momento de privacidade para não estressar seu companheiro.

Vou viajar! Quais cuidados com os pets na quarentena necessito ter?

1. Acostume seu pet com o carro

Jamais pegue a estrada sem antes mostrar o carro para o seu pet. Do contrário, ele poderá ficar assustado e muito agitado, e isso pode atrapalhar bastante a viagem. Diante disso, alguns dias antes de pegar estrada, faça alguns passeios com seu bichinho pela vizinhança para que ele vá se acostumando com a ideia de ficar em um ambiente diferente do seu.

Nesse sentido, no dia da viagem, ele não se agitará e o mais importante nessa história toda: não colocará sua vida em risco.

2. Leve seu bichicho ao veterinário

O seu bichano precisa ir ao médico para realizar um check-up. Dependendo do tipo de viagem que você estiver planejando fazer, o veterinário poderá passar alguns cuidados, como: prevenção de pulgas, carrapatos e doenças que talvez possam afetar a saúde do seu animal. Converse com o veterinário, considere algumas situações imprevistas, e peça para que ele indique alguns remédios, como por exemplo, para enjoo.

3. O que fazer no dia da viagem

Alimentar seu pet algumas horas antes da viagem, lembrando dessa sempre ser uma alimentação leve, o que é ideal no dia da viagem. Assim, ele pegará a estrada com muito mais conforto e menos risco de enjoo ou vômito.

Assim como você PRECISA de seus pertences, o pet também. Nesse sentido, não se esqueça de levar o pote de água e ração, comida, guia, entre outros itens. Leve também a carteira de vacinação do seu pet e confira se está tudo em ordem. Não é indicado fazer uma viagem com alguma vacina pendente.

4. Faça pausas na estrada

Durante sua viagem com o pet no carro, recomenda-se fazer paradas, no mínimo a cada duas horas. Da mesma maneira que os humanos, os animais também pedem um descanso. Saia do automóvel e dê a ele um pouco de água, novos ares para além do microambiente do carro. Dê algumas voltas pelo local para que ele possa se movimentar.

5. Medidas de segurança

Pode ser que você não saiba disso, mas existem caixas de transporte e até mesmo cinto de segurança para pets.  Os cintos são mais acessíveis e custam em média R$ 40. Aqui é essencial ressaltar que praticamente não há leis voltadas para a segurança do animal.

Entretanto, alguns cuidados são básicos e fundamentais, como evitar levar seu pet na carroceria ou no colo. A atenção com a segurança do pet é fundamental, e certifique-se de não deixar a janela totalmente aberta, para evitar que ele salte para a estrada.

6. Outras espécies de animal

Pode ser que você não tenha um gato ou cachorro, e sim aves e roedores, como o hamster, por exemplo. Essas são espécies sensíveis ao calor e ambientes estranhos. Diante disso, é importante que você garanta seu conforto durante toda a viagem com o pet. Fique atento às condições de umidade, temperatura e ventilação. Faça uso de gaiolas forradas para transportá-los e não se esqueça jamais de levar água e comida.

7. Bolsa e cadeirinha ou caixas de transporte para pet?

Se você tem as primeiras opções, ótimo. Afinal, a bolsa e a cadeirinha são seguras e costumam ser muitos confortáveis para os animais. Elas se assemelham a um bebê-conforto e possuem cintos para deixar o pet em segurança dentro do carro.

Este é considerado o transporte ideal para os animais pequenos. Por outro lado, a caixa de transporte é recomendada para os gatos, que adoram esse tipo de ambiente e estão acostumados. São objetos/acessórios fáceis de serem encontrados, e é comum que tenham  preços bem acessíveis.

Agora que chegamos no fim deste artigo, você está preparado para cuidar do seu pet na quarentena da maneira correta. Se você está pensando em alugar um carro para viajar, entre em contato com a gente! A Unidas tem condições excelentes para sua viagem!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de: