Created with Snap
melhores estados do Brasil para viajar de carro.

Princípios básicos de direção defensiva.

Tempo de leitura: 8 minutos.

Conheça os princípios básicos de direção defensiva:

 

Conhecido como direção defensiva, esse conceito é de suma importância para todos os motoristas, sendo profissionais ou não, uma vez que somos expostos a situações de risco que podem vir a causar multas e, infelizmente, acidentes de trânsito.

 

As pessoas que dirigem profissionalmente estão ainda mais expostas aos riscos do trânsito e geralmente, quando se envolvem em algum tipo de acidente, acabam carregando as consequências para o resto de suas vidas.

 

Existem impactos financeiros e jurídicos, que influenciam na reputação para as empresas responsáveis por esses profissionais, e principalmente os impactos sociais como: fatalidades, ferimentos e sequelas graves.

 

Existem ainda as implicações menores, como multas e o acúmulo de pontos na CNH, o que pode trazer consequências mais desgastantes como a suspensão do direito de dirigir, um problema ainda maior para quem depende da habilitação para trabalhar.

 

Por esse motivo, conhecer os princípios básicos de direção defensiva é muito importante para todos que são habilitados, pois é importante conhecer e adquirir comportamentos para evitar acidentes e salvar vidas no trânsito. Confira este artigo que a Unidas preparou para você.

princípios básicos de direção defensiva interna

Leia também: Confira 4 dicas de direção defensiva!

Princípios básicos de direção defensiva: Direção segura

No manual de Direção Defensiva do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) consta que direção defensiva é: a forma de dirigir, que possibilita o reconhecimento antecipado das situações de perigo e prever o que pode ocorrer com você quando motorista, com seus acompanhantes, com o seu veículo e com os outros usuários da via.

 

O conceito da direção defensiva consiste em um monitoramento contínuo por parte do condutor e deve ser associado à direção segura. Essas precauções são extremamente necessárias para preservar a vida e evitar acidentes.

Leia também:  Confira 4 dicas de direção defensiva!

 

Os motoristas profissionais precisam estar atentos à forma como dirigem, se preocupar com multas, danos aos veículos, acidentes e demais fatores que podem prejudicar seu trabalho.

 

Aqueles que não dirigem como profissão, mas estão constantemente no trânsito, também são expostos diariamente aos mesmos riscos. De uma forma geral, para se evitar acidentes e conduzir em direção defensiva diariamente, podemos destacar 5 pontos essenciais:

 

Princípios básicos de direção defensiva: Comportamento de motoristas

 

O comportamento correto dos motoristas em direção é fundamental para a segurança, é necessário estar focado no trânsito, evitar qualquer aspecto de uma condução agressiva, nunca utilizar o celular ao volante, nunca consumir álcool, drogas, ou dirigir com sono.

 

Princípios básicos de direção defensiva: Funcionamento de veículos

 

É de extrema importância que os motoristas conheçam o funcionamento dos veículos e façam manutenções periódicas. Com todos os componentes estando em boas condições de uso e funcionando corretamente, as chances de algo dar errado são bem menores.

 

Todo motorista precisa ter conhecimento das regras de trânsito e todas as suas implicações. Dessa forma, sempre irá obedecer aos limites de velocidade e demais sinalizações.

 

Princípios básicos de direção defensiva: Treinamentos para situações de risco

 

Embora o motorista possa ser experiente, ele ainda não passou por todas as situações de risco. Sendo assim, investir em treinamentos que envolvem teoria integrada com prática simulada com uso de simuladores de direção é a melhor opção. Com os cursos práticos aplicados no simulador de direção, a retenção do conteúdo aumenta em 90%, sendo a melhor forma de se obter bons resultados.

 

Leia também:  Confira 4 dicas de direção defensiva!

Princípios básicos de direção defensiva: Condições da via

 

É preciso sempre se atentar às condições da pista na hora que estiver na direção, veja se está prejudicada por buracos, elevações ou alterações no pavimento. Analise também as condições climáticas para não ter problemas. Chuva, neblina, vento ou fumaça proveniente de queimadas podem alterar a visibilidade do motorista ou alterar a aderência à pista, podendo gerar acidentes.

 

Por que a direção defensiva é importante para segurança no trânsito

princípios básicos de direção defensiva

A direção defensiva é essencial para a segurança no trânsito e pode salvar muitas vidas.

 

Separamos 4 dicas de direção defensiva para você!

 

Não vale a pena correr riscos desnecessários, dirigir é se responsabilizar não só pela sua vida, mas por todos que estão à sua volta. Com paciência e tranquilidade as ultrapassagens ocorrerão em melhores condições, manobras perigosas e acidentes serão evitados.

 

Em resumo, a direção defensiva tem como objetivo que os motoristas dirijam com maior atenção para conseguirem prever com antecedência o que devem fazer e tomar as decisões corretas. A intenção é preparar melhor essas pessoas, a fim de que possam ser mais conscientes e tornem o trânsito mais seguro.

 

No final das contas, a direção defensiva nada mais é que a melhor maneira de dirigir e se comportar no trânsito, de acordo com o manual do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Essa é a chance de o motorista aprender e identificar antecipadamente as situações de perigo, prever suas consequências e estar preparado para tomar decisões que protejam os ocupantes dos veículos e os demais usuários da via.

 

Princípios básicos de direção defensiva: Tipos de direção defensiva

 

Leia também:  Confira 4 dicas de direção defensiva!

Existem dois tipos de direção defensiva: a preventiva e a corretiva.

 

Na preventiva o motorista antecipa os riscos. O motorista dirige com atenção, avaliando suas condições físicas e mentais, assim como a rota pela qual está trafegando.

 

A direção corretiva, por sua vez, é aquela exigida quando o condutor precisa agir de imediato para corrigir uma situação de perigo que não pôde ser antecipada. São ocasiões em que o condutor realiza ações de reparo em situações não previstas por ele. Alguns exemplos de ações a serem tomadas nesse caso são:

 

  • Prestar auxílio a eventuais vítimas;
  • Sinalizar o local;
  • Contatar as autoridades e serviços de assistência médica;
  • Orientar outros motoristas.

 

Importante: o contrário da direção defensiva é a direção agressiva. Nesse caso o motorista coloca a sua vida em risco, assim como a de outras pessoas.

 

A direção agressiva pode apresentar 3 tipos de atenção:

 

  • Atenção fixa: dirigir olhando apenas para um ponto fixo.
  • Atenção dispersiva: não se concentrar na condução.
  • Atenção difusa: focar em paisagens e/ou atividades que não só a direção.

 

Para deixar tudo mais objetivo, listamos alguns exemplos de comportamentos de risco ao volante que não podem acontecer quando o foco é direção defensiva:

 

  • Dirigir com sono.
  • Exceder a velocidade limite.
  • Utilizar remédios e/ou substâncias estimulantes.
  • Fazer ultrapassagens perigosas.
  • Usar o celular enquanto dirige.
  • Desrespeitar o período de descanso na jornada de trabalho.

 

Se evitar essas condutas, o condutor irá reduzir significativamente a probabilidade de que problemas mais sérios ocorram ou, pelo menos, fazer com que seus efeitos sejam minimizados.

 

Gostou do artigo? Temos muito mais conteúdos como este, não deixe de nos acompanhar.

princípios básicos de direção defensiva interno 3

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de: